Treinamento de primeiros socorros: saiba porque oferecer para seus funcionários

4 minutos para ler

É fato que há muitos ambientes industriais no Brasil que apresentam vários riscos ocupacionais para os colaboradores. Lamentavelmente, existem situações em que os riscos passam a não ser controlados como deveriam (seja por negligência, seja por despreparo), gerando, dessa forma, graves acidentes de trabalho. Nesse contexto, ganha destaque o tema treinamento de primeiros socorros.

Cabe ressaltar, inicialmente, que, mesmo providenciando todas as medidas de segurança possíveis para a realização de uma tarefa industrial que contenha riscos, é impossível eliminar por completo as chances de ocorrência de um acidente de trabalho. Sendo assim, é importante que toda empresa capacite seus colaboradores para que as melhores medidas de segurança sejam tomadas.

Por essa razão, confira tudo sobre o treinamento de primeiros socorros para os colaboradores. Continue a leitura!

Qual a importância de oferecer um curso de primeiros socorros?

Não há meios de garantir chance zero de acidentes de trabalho em um ambiente industrial, pois sempre haverá algum risco. Entretanto, além de capacitar os colaboradores para evitar que ocorram acidentes, é extremamente importante treiná-los também para que saibam como proceder em caso de acidentes ocupacionais.

O principal motivo para essa capacitação é salvar vidas e preservar a saúde de todos os colaboradores. Dessa forma, uma equipe bem treinada além de ser capaz de reduzir o número de acidentes de trabalho em uma indústria, também é extremamente útil para reduzir os seus impactos.

Áreas com riscos elevados

Naturalmente, quanto maiores os riscos ocupacionais em uma empresa, mais frequentes devem ser os treinamentos para primeiros socorros, visto que, nessa situação, há mais chances de um risco se tornar um perigo, e, consequentemente, causar um acidente de trabalho.

Como aplicar o treinamento de primeiros socorros na empresa?

Segundo a Norma Regulamentadora 7 , é obrigação dos empregadores garantir a capacitação em primeiros socorros. Dessa forma, seja por meio da contratação de um técnico ou engenheiro de segurança do trabalho, seja por meio de consultorias com uma equipe especializada, é fato que o treinamento de primeiros socorros precisa ser providenciado.

Sendo assim, é interessante que toda empresa identifique os riscos ocupacionais em seus locais de trabalho e garanta que o curso de primeiros socorros esteja alinhado com as principais possibilidades de acidentes naquele específico ambiente. Exemplificando, se há tarefas sendo desempenhadas em alturas elevadas, é prudente treinar os colaboradores para a execução de primeiros socorros que envolvam vítimas de quedas.

Aplicações

O treinamento em primeiros socorros pode ser feito dentro do próprio ambiente de trabalho e durante o expediente, isso é fundamental para que a equipe de colaboradores estude o local e esteja apta para as seguintes ações:

  • encontrar com rapidez kits de primeiro socorros e saber manuseá-lo adequadamente (incluindo uso de algodão, fita crepe, ataduras, esparadrapo, tesoura com ponta redonda, luvas, antissépticos etc.);
  • aplicar uso correto de kits avançados de primeiros socorros, específicos para cada risco ocupacional presente na empresa (como a aplicação de talas e colar cervical no caso de lesões);
  • mobilização apropriada de uma vítima de acidente de trabalho, evitando potencializar os riscos.

Vale enfatizar ainda que todas essas ações devem estar alinhadas com a agilidade em chamar ajuda médica profissional logo imediatamente a ocorrência do fato. Deste modo, garantindo esse tipo de treinamento a cada semestre (seja pelo próprio setor de segurança do trabalho, seja por meio de consultorias), é possível reduzir os efeitos de um acidente de trabalho e aumentar as chances de salvar vidas.

Quais as vantagens de uma equipe bem treinada?

Uma equipe composta por colaboradores bem capacitados garante as seguintes vantagens em um ambiente de trabalho:

  • agilidade para a tomada de decisões importantes;
  • conhecimento prévio de medidas de urgência (melhores vias de escape, locomoção e postura adequada conforme o perigo presente etc.);
  • redução de ações que intensificam o perigo em caso de uma demanda de urgência (por exemplo, evitar o uso de aparelhos eletrônicos em situações nas quais o ambiente é confinado e há elevada concentração de gases inflamáveis).

Portanto, ao garantir o adequado treinamento de primeiros socorros para os colaboradores concluímos que essa medida salva vidas, resguarda a saúde humana e eleva a segurança no trabalho. Vale destacar ainda que esse tipo de capacitação sempre deve ser encarado como um investimento e não como um gasto ou custo desnecessários.

Gostou do conteúdo? Então, compartilhe o post em suas redes sociais e faça com que mais pessoas saibam da importância do treinamento de primeiros socorros em um ambiente de trabalho.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-