Conheça 4 tipos de protetores auriculares e suas diferenças!

4 minutos para ler

Existem diversos tipos de protetores auriculares. Eles são Equipamentos de Proteção Individual (EPI) fundamentais para saúde e segurança do trabalhador.

O maior objetivo deles é proteger os empregados de danos à audição devido às atividades desenvolvidas pela empresa ou em função de algum acidente de trabalho.

Para esclarecer como eles funcionam, neste texto, nós mostraremos 4 tipos de protetores auriculares e quais são as especificidades de cada um. Acompanhe a seguir!

1. Protetor de inserção moldável

Os protetores auriculares de inserção moldável adaptam-se à parte interna do ouvido do trabalhador proporcionando proteção contra ruídos e barulhos agudos, trazendo conforto.

Eles são fabricados com um tipo de espuma bem maleável e, geralmente, apresentam forma de cone para se encaixar perfeitamente no canal auditivo, mas eles são descartáveis.

Para utilizá-lo, o trabalhador deve “apertar” o protetor e inseri-lo no ouvido, onde ele expandirá e ficará do formato correto, preenchendo todo o canal, reduzindo a exposição a níveis altos de ruídos.

2. Pré-moldado

Os protetores pré-moldados também são de inserção no canal auditivo, mas eles não mudam de forma para se adaptar ao local. Porém, eles têm um formato de cone com três camadas com diferentes diâmetros.

Assim, eles também são eficientes para abafar ruídos e reduzir a exposição dos trabalhadores aos sons indesejados da atividade que a empresa pratica.

Eles são laváveis e podem ser reutilizados de acordo com a indicação do fabricante. É importante ter um bom ajuste no ouvido para que a eficácia se mantenha e é recomendável utilizar os mesmos lados todas as vezes.

Tanto o protetor de inserção moldável quanto o pré-moldado precisam ser manuseados com as mãos limpas, para evitar a contaminação do ouvido. Além disso, eles não podem ser colocados com luvas.

3. Abafadores

Os abafadores são um dos tipos de protetores auriculares mais conhecidos. Também chamados circum-auriculares, eles têm duas “conchas” de plástico que tampam os ouvidos e uma haste que se ajusta acima da cabeça ou um suporte que se acopla ao capacete.

Essas conchas são forradas com uma espuma ou material isolante próprio que servem justamente para abafar os ruídos indesejados e diminuir os níveis prejudiciais.

Eles podem ser manuseados com luvas ou com as mãos sujas — desde que feito da forma correta — porque eles não têm contato direto com o canal auditivo do trabalhador.

Porém, eles costumam ser mais caros e podem atrapalhar a utilização de outros EPIs, como os capacetes ou óculos de proteção. A solução para isso é utilizar equipamentos conjugados.

4. De inserção parcial

Os protetores auriculares de inserção parcial são menos conhecidos, mas podem ser uma boa solução dependendo da área da empresa e da atividade desenvolvida pelos trabalhadores.

Eles têm cones que ficam na área interna do ouvido do trabalhador e hastes de plástico para o suporte acima da cabeça ou atrás do pescoço, fixando o equipamento no local.

Depois de conhecer os principais tipos de protetores auriculares, é muito importante saber como encontrar os melhores EPIs para preservar a saúde e a integridade física dos trabalhadores. A Delta Plus fornece os equipamentos ideais para cada trabalho, com qualidade e preocupação com o usuário.

Conseguiu entender a importância de utilizar o protetor auricular correto? Então, entre em contato conosco para conhecer as nossas soluções em EPIs!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-