A importância do plano de segurança e controle de riscos no trabalho

4 minutos para ler

O número de acidentes de trabalho no Brasil é alarmante — o país ocupa o 4º lugar no ranking mundial. Segundo o Anuário Estatístico de Acidentes do Trabalho (AEAT), apenas em 2017, foram registrados 549.405 casos. Nesse cenário, é fundamental que as empresas elaborem e implementem o plano de segurança.

Afinal, é por meio dele que serão identificados quais os fatores de riscos presentes no ambiente de trabalho e quais as medidas de controle que devem ser adotadas para garantir a segurança e o bem-estar dos colaboradores. Você sabe do que se trata esse plano? Quer descobrir por que ele é tão importante e quais são as vantagens de implementá-lo? Confira a seguir!

O que é o plano de segurança e controle de acidentes?

Quando o assunto é segurança no ambiente de trabalho, é indispensável lembrar que todas as atividades devem ser realizadas em estrita observância aos procedimentos de segurança previstos nas normas trabalhistas.

As empresas devem estar atentas às particularidades das operações para adotar medidas de proteção e oferecer aos trabalhadores os treinamentos e os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários. Além disso, elas precisam contar com um Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), estabelecido na NR 7, e com o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), regulamentado pela NR 9.

O PPRA é compreendido como um conjunto de ações que objetivam garantir a saúde e a integridade física dos colaboradores. Sua construção é realizada em etapas que envolvem a antecipação, o reconhecimento e a avaliação dos riscos (físicos, químicos, ergonômicos, biológicos e de acidentes), bem como as medidas de controle que devem ser adotadas.

Vale lembrar que todas as empresas devem contar com o programa e que ele deve ser mantido atualizado, ou seja, deve ser revisto anualmente ou sempre que houver alteração nas condições de trabalho.

Por que investir no plano de segurança?

O plano de ação e controle de riscos no ambiente de trabalho traz inúmeros benefícios para a instituição e para os colaboradores. Confira alguns motivos para investir na segurança no local de trabalho!

Prevenção e redução dos acidentes

O conhecimento dos riscos de cada setor da empresa permite aos responsáveis adotar as melhores medidas de controle e realizar intervenções acertadas para evitar a ocorrência de acidentes. Com isso, é possível reduzir consideravelmente o número de infortúnios e oferecer aos profissionais melhores condições para o desempenho de suas atividades.

Aumento da produtividade

Com o plano de controle de risco e, consequentemente, com a adoção de medidas de proteção, a possibilidade de ocorrência de um acidente de trabalho diminui drasticamente. Com isso, há um aumento da produtividade das equipes, uma vez que serão evitados os afastamentos em decorrência de doenças do trabalho ou ocupacionais.

Diminuição dos riscos de autuações

Como você viu, o plano de prevenção de risco no ambiente de trabalho é uma obrigação do empregador, prevista nas normas trabalhistas. Desse modo, sua elaboração é essencial para evitar problemas com os órgãos fiscalizadores, inclusive a suspensão das atividades, autuações e multas. Além disso, garantir a segurança e o bem-estar do colaborador reduz as possibilidades da empresa sofrer ações trabalhistas por essa razão.

Melhora da imagem da empresa

A preocupação com a segurança dos funcionários reitera a responsabilidade social e o comprometimento da empresa com seus colaboradores. Quanto mais comprometida ela for com os profissionais, maior será o seu reconhecimento no mercado e na sociedade. Ser referência em segurança do trabalho significa criar uma cultura positiva capaz de aumentar a visibilidade e o desempenho do empreendimento.

Como você percebeu, a importância do plano de segurança e controle de riscos vai muito além do mero cumprimento das exigências legais. Garantir a segurança dos trabalhadores traz diversas vantagens para a empresa, inclusive, no que diz respeito à redução de acidentes e gastos, bem como ao aumento da produtividade.

Quer ficar por dentro de outros assuntos relacionados à segurança do trabalho? Assine a nossa newsletter!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-